Qual a diferença entre as papinhas congeladas e as de prateleiras?

Ser prático é importante, principalmente, para quem tem uma rotina corrida. Porém a segurança e nutrição alimentar deve fazer parte disso. Mas afinal, como equilibrar as duas coisas? Para responder essa pergunta, precisamos entender qual a diferença entre os alimentos processados e caseiros, e qual a melhor armazenagem para as papinhas do bebê. 

 

Papinhas comerciais

O alimento devidamente processado em frascos, latas ou embalagens está praticamente isento de bactérias até abri-lo. 


Especialistas descreveram as papinhas comerciais como "alimentos de conveniência". Ou seja, podem ser usados, mas é preciso escolher os produtos com sabedoria e usar só quando preciso. Na maioria das vezes, a dieta recomendada para o bebê, consiste em alimentos caseiros e saudáveis.


No vídeo abaixo, a Gastrônoma Priscilla Moretto, explica a diferença entre as papinhas congeladas e as de prateleiras, as vantagens e desvantagens. 

 

 

Para ver os mais de 15 vídeos da série “Introdução alimentar”, clique aqui.


Esta série traz um material completo de como oferecer para o seu bebê a melhor refeição possível, desde a identificação do momento de iniciar a introdução alimentar, o que é importante sobre os grupos alimentares, como comprar os ingredientes, como preparar e como oferecer.

 

Papinha caseira

Quando preparamos a papinha em casa, a maior dúvida é a armazenagem. Isso porque, temos receio de perder nutrientes e, principalmente, da proliferação de bactérias. Como os bebês têm maior risco de terem uma doença transmitida por alimentos do que crianças mais velhas ou adultos, é particularmente importante seguir estas dicas:


•    Lave suas mãos e qualquer equipamento usado para preparar o alimento.
•    Lave frutas e vegetais frescos completamente em água limpa e corrente. Mesmo as que irá descascar.
•    Deixar de molho em solução clorada de 10 a 15 minutos na proporção de 1 colher de sopa de solução clorada para cada litro de água. Enxaguando posteriormente em água corrente. 
•    Higienizar frutas cujas as cascas não serão consumidas mas haverá manipulação, como por exemplo, o mamão cortado.

 

Ter esses cuidados, além de se tornar um hábito, trará a segurança que o bebê precisa para crescer saudável.

 

Sobre a especialista

 

Priscilla Moretto

•    Idealizadora do Projeto Tangerine Petit, produtora de papinhas orgânicas, integrais, sem adição de açúcar e conservantes.
•    Formada em Empreendedorismo e Práticas Gastronômicas pela FAMESP.
•    Pesquisadora da Arte Culinária, realizando cursos na Itália e SENAC.
•    Sócia do restaurante POP UP Tangerine Cozinha Original.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaque

Como identificar que meu filho é dependente de tecnologia?

1/9
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Categorias
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Basic Square
cursos online para pais