Meu filho tem problema com horários! O cronograma de rotinas funciona?

Gerenciar o tempo, estabelecer uma rotina, nem sempre é fácil, nem mesmo para os adultos, imagina para as crianças! Por isso, você pode começar desde cedo a ajudar seu filho com o gerenciamento do tempo, planejamento e organização das atividades, fornecendo uma base sólida para o desenvolvimento dessas habilidades.

 

Muitos pais adotam a estratégia do “cronograma de rotinas”, porque além de se organizarem, passam para os filhos a mensagem clara do que esperam deles. Entretanto, antes de estabelecer tais medidas, é essencial analisar algumas particularidades do seu filho, ou seja, ele pode precisar de um tempo diferente para determinadas tarefas, ou pode preferir uma ordem diferenciada para realização das mesmas.

 

Veja o vídeo, em que a especialista Bete P. Rodrigues responde a pergunta de uma mãe, sobre o que fazer quando o filho não consegue seguir horários.

 

 

Ensinar a gestão do tempo para a criança, não se limita em estabelecer horários para as atividades e esperar que as crianças os cumpram, mas desenvolver nos pequenos a capacidade de estimar quanto tempo tem e como usá-lo para completar uma tarefa. Por isso, incluir a criança no planejamento da rotina, vai estimulá-la a pensar: quanto tempo gasta para fazer determinada tarefa; o que tem para fazer ao longo do dia; qual a melhor sequência; o que atrapalha e o que ajuda!

 

Para funcionar, é importante que seja divertido, se você fizer um cronograma para grudar na parede, coloque imagens ou ímãs engraçados, faça desenhos junto com seu filho - tudo isso faz com que a criança sinta como se fosse dele e ele conseguiu, e não apenas algo sobre ele. Isso faz toda a diferença! No inicio pode ser difícil cumprir o cronograma, mas toda mudança de comportamento pode levar um tempo para se estabelecer. Por isso, tenha paciência e persistência.

 

Mas lembre-se! Criança precisa de tempo livre para brincar e para desenvolver a sua criatividade. Encher demais a criança com atividades pode ser prejudicial.

 

Conteúdo Phitters publicado originalmente no blog da Leiturinha


Pessoas que acessaram esse artigo também baixaram este e-book:

"05 Passos para desenvolver a inteligência emocional do seu filho" - Pais preparadores emocionais lidam com as emoções e desenvolvem filhos emocionalmente inteligentes.

 

Clique aqui para acessar o material.
 

Referências:

  • COUTINHO, Mônia, et al. A rotina de atividades infantis no ambiente doméstico. Pensar a Prática, 2015, 18.1.

  • NELSEN, Jane. Disciplina Positiva. Ed Manole, São Paulo, 2015.

  • SIEGEL, Daniel; BRYSON, Tina Payne. Disciplina sem drama. Nversos, São Paulo, 2016

 

Sobre a especialista:

 

 Bete P. Rodrigues

• Formada em Letras (PUC- SP)
• Mestrado em Linguística Aplicada (LAEL- PUC/ SP)
• Palestrante, coach (formada pelo ICI reconhecido pelo ICF)
• Consultora em educação e professora na COGEAE- PUC/SP.
• Mais de 30 anos de experiência educacional, como professora, coordenadora e diretora pedagógica.
• Membro da Positive Discipline Association e certificada como Positive Discipline Trainer.
• Tradutora do livro Disciplina Positiva e Disciplina Positiva na Sala de Aula – Jane Nelsen.
• Mãe há mais de 20 anos.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaque

Como identificar que meu filho é dependente de tecnologia?

1/9
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Categorias
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Basic Square
cursos online para pais